MONITOR 2017


UMA DAS BANDAS MAIS EXCITANTES E EMERGENTES DA NOVA VAGA POST-PUNK!

Os parisienses RENDEZ-VOUS formaram-se em 2012 e são actualmente um quarteto constituído por Francis Mallari, Elliot Berthault, Maxime Gendre e Simon Dubourgque. “Distance”, o tema título do EP homónimo, tem dado à banda um enorme protagonismo, não só pela excelência da composição (com todos os predicados necessários que o tornam num hit post-punk instantâneo), mas também pelas imagens violentas que o seu vídeo apresenta… Os RENDEZ-VOUS têm sido convidados para actuar com bandas como Motorama, Frustration (dois dos nomes que já passaram pelo outro festival com chancela da FADE IN: Entremuralhas), The Soft Moon ou M83 (este com lotação esgotada na famosa Brixton Academy). Será pois com grande orgulho que vemos estrear no nosso país um dos nomes mais excitantes e emergentes da nova vaga. Um “grand finale” de MONITOR 2017 se espera!

. SPOTIFY 01.
. SPOTIFY 02 .
. BANDCAMP .
. YOUTUBE 01 .
. YOUTUBE 02 .
. YOUTUBE 03 .

VOZ À CROONER DO SÉCULO XXI EM CANÇÕES QUE TANTO NOS PODEM AGITAR O CORPO COMO ELEVAR A ALMA

O francês SYDNEY VALETTE tem vindo a grangear uma sólida e fiel horda de admiradores entre os melómanos mais ávidos pela descoberta e de mente mais aberta. Talvez porque ele encerre em si mesmo um espírito que o faz aventurar-se por uma sonoridade electrónica que tanto evoca uma certa energia punk e trashy como se acerca de uma costela romântica, dando origem a algumas das mais empolgantes e belas canções que já se fizeram no século XXI. Duvidam? Entrem no seu bandcamp e procurem temas como “Pluie”, “Enfant Bourré”, “Mother”, “Fête Transparente”, “White City” ou “Please”. Ou então outros mais “acesos” como “Run”, “Prêt à Mourir”, “Life” ou “What You Gonna Do”.

. SPOTIFY .
. BANDCAMP .
. YOUTUBE 01 .
. YOUTUBE 02 .
. YOUTUBE 03 .
. YOUTUBE 04 .


A DUPLA LONDRINA RESSUSCITA O "TOUCHING POP" DA ERA DOURADA DE EDITORAS COMO A LIVELY ART OU A 4AD

Os THE AGNES CIRCLE formaram-se em 2015 quando o californiano Florian Voytek resolveu trocar Brooklyn por Londres e se juntou a Rachel Redfern. Desde então bastaram duas edições (o EP “Modern Idea” de 2015 e o LP “Some Vague Desire” de 2016) para que a FADE IN e alguma da crítica “especializada” lhes reconhecesse um certo epíteto de herdeiros naturais da “touching pop” que se fazia em meados dos anos 80. Não é por isso de estranhar que na música dos THE AGNES CIRCLE possamos encontrar deliciosas influências do post-punk britânico da altura que na 4AD fervilhavam nomes como Clan Of Xymox ou Cocteau Twins e também da coldwave francesa quando na linha da frente a etiqueta Lively Art dava a conhecer bandas com Asylum Party ou Little Nemo… A não perder!

. SPOTIFY .
. BANDCAMP .
. YOUTUBE 01 .
. YOUTUBE 02 .
. YOUTUBE 03 .

WILLIAM MAYBELLINE, DOS LEBANON HANOVER, NO SEU PROJECTO A SOLO

New Brutalism, Maximum Macabre ou Successful Torment. É assim que William Maybilline define o seu projecto QUAL. Na verdade, o baixista e co-vocalista dos Lebanon Hanover (que tão brilhante actuação fizeram no ENTREMURALHAS 2013 – naquele que foi o único concerto que a banda fez, até à data, no nosso país) pinta em QUAL um cenário de dor, desespero, morbidez, putrefação, isolacionismo e outras temáticas de índole sinistra. As suas composições são electrónicas e nelas encontramos facilmente elementos da música industrial, minimal-wave, doom e techno. Uma voz “dramática”, entoada de forma “fantasmagórica”, é a cereja no topo do bolo. QUAL é um projecto com um universo de verdade dúbia, algures entre a ironia absoluta e a teatralidade patológica. Fascinante também por isso.

. SPOTIFY .
. BANDCAMP .
. YOUTUBE 01 .
. YOUTUBE 02 .
. YOUTUBE 03 .


UMA DAS VOZES FEMININAS MAIS REQUISITADAS DA ACTUALIDADE, NUM CONCERTO QUE SERÁ UMA ESPÉCIE DE "2 EM 1"

A editar regularmente a solo desde 2013, KRIISTAL ANN tem-se destacado na cena minimal-wave devido à sua voz, longe da maquinalidade característica do género e mais próxima de uma certa emotividade gótica, conferindo às suas composições um ambiente, por vezes, etéreo. Tal facto tem conferido à gregra inúmeros convites para coloaborações, entre eles, GosT, Mode In Gliany, Schönwald, Stockhaussen, Factice Factory ou Iamtheshadow. Em palco KRIISTAL ANN é acompanhada por Toxic Razor, músico com o qual tem o projecto minimal-wave/darkwave PARADOX OBSCUR. O concerto no MONITOR será uma espécie de “2 em 1” uma vez que o repertório será equitativamente dividido entre os temas mais emblemáticos de KRIISTAL ANN e alguns dos melhores que podemos encontrar nos dois álbuns que os PARADOX OBSCUR editaram até à data!

. SPOTIFY 01.
. SPOTIFY 02 .
. BANDCAMP .
. YOUTUBE 01 .
. YOUTUBE 02 .
. YOUTUBE 03 .
. YOUTUBE 04 .

SYNTHPUNK HIPNÓTICO E FUTURISTA COMO SE OS THE SOFT MOON ENCONTRASSEM NOS CHARLES DE GOAL A SUA MAIOR INFLUÊNCIA

Timothée Gainet e Arnaud Derochefort dão corpo aos POISON POINT, mais um projecto a emerger da fértil e inventiva cena musical de Lyon (já na primeira edição do festival Monitor a FADE IN foi buscar àquela cidade francesa mais duas bandas para se estrearem em portugal: Mensch e Tisiphone). A música dos POISON POINT é feita de sintetizadores rotativos (à boa maneira de uns Suicide), de uma caixa de ritmos frenética (numa linhagem próxima do cyberpunk), de um baixo afiado e preciso (como tantas das ilustres bandas gaulesas da sua tão característica coldwave) e de uma voz que soa como se Sammy Birnbach dos Minimal Compact se tivesse fundido com Dirk Da Davo dos The Neon Judgment… Bom demais, portanto!

. SPOTIFY .
. BANDCAMP .
. YOUTUBE 01 .
. YOUTUBE 02 .
. YOUTUBE 03 .
. YOUTUBE 04 .

MONITOR

Minimal Wave & Post-Punk International Rendez-Vous 2017

RENDEZ-VOUS (fr) + SYDNEY VALETTE (fr) + THE AGNES CIRCLE (uk) + QUAL (uk) + KRIISTAL ANN / PARADOX OBSCUR (gr) + POISON POINT (fr)

SÁBADO, 27 MAIO – BLACK BOX DO TEATRO JOSÉ LÚCIO DA SILVA – LEIRIA

Bilhete: € 25,00 (compra antecipada) / € 30,00 (próprio dia)

Venda antecipada de bilhetes: ALQUIMIA (Rua Gago Coutinho, 22-24, Leiria)

Poderá reservar bilhetes através de transferência bancária. Solicite IBAN preenchendo o formulário em baixo

A abertura de portas será às 17h30.
Os primeiros 3 concertos (1º – Poison Point; 2º – Kriistal Ann / Paradox Obscur; 3º – Qual) realizam-se entre as 18h00 e as 21h00.
Depois há intervalo para o jantar.
Os restantes 3 concertos (4º – The Agnes Circle; 5º – Sydney Valette; 6º – Rendez-Vous) serão a partir das 23h00.