M!R!M + LES ENFANTS TERRIBLES – 02.05.2014

DUPLO PRIMEIRO EPISÓDIO DO FADEINFESTIVAL 2014

M!R!M (uk) + LES ENFANTS TERRIBLES (pt)

2 MAIO (sexta-feira) – BEAT CLUB – LEIRIA

Abertura de portas: 23h30

Acesso: €5,00 + consumo mínimo de uma bebida

Informações: fadein@fadeinfestival.com

Os M!R!M (pronuncia-se “M ARE M”) são um projecto sedeado em Londres cujo mentor é o italiano Iacopo Bertelli. A sua música, genericamente rotulada de post-punk, vai mais além, abrindo uma brecha clara na fusão entre a música electrónica lo-fi, com alguns elementos de reminiscência experimental e industrial, com o shoegaze puro das guitarras em distorção alta e forte. E é nesse híbrido que deambula uma voz andrógina (ora sussurrada ora gritada), conferindo às estruturas criadas pelos M!R!M um estranho universo de canção que chega, surpreendentemente, a soar pop. Não uma pop solarenga de refrão fácil e cantarolável, mas antes um emaranhado de sons densos, aparentemente caóticos, mas que acabam por fazer todo o sentido e conferir-lhes personalidade, como se os Jesus And Mary Chain na sua fase mais crua se juntassem aos Suicide na sua fase mais criativa e fria e daí resultasse uma sonoridade onde o vanguardismo dos Wire se fundisse com o niilismo de uns DNA. É fácil? Não. É tentador? Talvez. É empolgante? Sem dúvida!

never trust

liebe machen

seeking love

homesick

dead inside

lizards

M!R!M bandcamp

M!R!M facebook

Chamam-se LES ENFANTS TERRIBLES e são, de facto, terrivelmente eficazes na forma como captam a atenção do ouvinte. João Guerra (Quarto de Hóspedes, Zebra Sessions, Royal Rendez Vous, Pedro i Inês) e Pedro Costa (Horse Head Cutters) dão corpo a um dos mais surpreendentes e apaixonantes projectos que Leiria viu nascer na última década. Duas guitarras e, às vezes, uma melódica, tecem uma música fílmica que tanto pode evocar um qualquer western-spaghetti com banda sonora de Marc Ribot e, claro, de Ennio Morricone, como se acercam do universo de uns Dead Combo e lhe conferem uma estranha portugalidade adicional. O resultado é avassaladoramente atraente e belo. Os LES ENFANTS TERRIBLES, que aqui e ali até nos remetem para uma estética similar a uns Ratatat electrónica e ritmicamente despidos, têm tudo para serem mais uma bandeira da melhor música que se faz na cidade do Liz, onde nem sequer falta uma canção e um exepcional vídeo com o nome de Leiria.

leiria

passeio dos tristes

viúva de maio

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s